Copa do Mundo: Famosa rede de fast food é acusada de sexismo na Rússia

Por Wellington Botelho

O braço russo da rede de fast food Burger King pediu desculpas por uma campanha publicitária lançada na Rússia sobre a Copa do Mundo, informou a revsista Nueva Mujer.

Na campanha, a rede oferecia comida grátis por toda a vida a mulheres russas que engravidassem de jogadores do mundial de futebol. A ação foi considerada sexista pelos internautas.

Após a polêmica, a campanha acabou sendo removida das redes socais do restaurante. A oferta foi anunciada apenas para o país sede da copa.

Desculpas

A empresa divulgou um comunicado declarando: "Pedimos desculpas pelo anúncio que fizemos, foi muito ofensivo. Isso não reflete nossa marca ou nossos valores, e estamos tomando medidas para garantir que esse tipo de evento não aconteça novamente".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo