Grey's Anatomy: A cena que quase foi vetada e precisou ser defendida por Shonda Rhimes para ir ao ar

Por Victória Bravo

Shonda Rhimes, a criadora e produtora de “Grey's Anatomy”, teve que defender a exibição de uma cena do episódio “Silent All These Years”e foi advertida pela emissora ABC.

Este texto contém spoilers da décima quinta temporada!

No episódio, a paciente Abby (Khalilah Joi) é atendida no Gray Sloan Hospital após ser estuprada. Em uma das cenas, a vítima passa por uma série de exames chamada internacionalmente de “kit de estupro”, uma caixa com todos os materiais necessários para recolher provas da violência.

Antes de ser exibido, o departamento de padrões e práticas da emissora enviou alertas para a produção da série.

greys Reprodução / ABC

“Recebemos notas inicialmente dos padrões e práticas de transmissão da ABC. Geralmente eles dão notas padrão: 'não seja muito sangrento', 'não seja muito explícito'; Mas os que pegamos neste roteiro incluei: "Por favor, não mostre nenhum fluido corporal sob as luzes azuis", disse a showrunner Krista Vernoff ao Hollywood Reporter.

Foi então que Shonda escreveu uma resposta bastante apaixonada sobre como ela estava tentando mostrar o processo médico que acontece na sequência da violência sexual e eles estavam tentando vetar isso.

A criadora chegou a dizer: “Respeitosamente, eu recuso essas anotações”. No fim das contas, a ABC entendeu que ela estava certa e admitiu que o roteiro fosse realizado.

O último episódio exibido nos Estados Unidos foi chamado por Krista como o “mais poderoso” da série. Os acontecimentos e as revelações foram fortes e ainda renderam uma das cenas mais impactantes desta temporada.

Confira mais detalhes (e spoilers) do capítulo:

Loading...
Revisa el siguiente artículo