Produtor cinematográfico Harvey Weinstein se declara inocente de acusação de estupro

Por Reuters

Harvey Weinstein se declarou inocente nesta terça-feira (5) de acusações de estupro e agressão sexual, nos primeiros casos envolvendo o produtor cinematográfico a serem julgados em um tribunal desde que dezenas de acusações foram apresentadas contra ele no ano passado, informou seu advogado.

Weinstein, de 66 anos, se declarou inocente à Suprema Corte de Manhattan na manhã desta terça depois que um grande júri o indiciou na última semana em dois casos.

Leia mais:
Orange is the New Black: teaser da sexta temporada anuncia data de estreia
Erasmo Carlos retoma carreira de ator e volta ao cinema em Paraíso Perdido; veja trailer

O produtor se entregou às autoridades em uma delegacia de polícia em Nova York no dia 25 de maio e foi levado algemado a um tribunal para sua primeira audiência.

Um juiz permitiu que ele respondesse em liberdade após pagamento de fiança de 1 milhão de dólares, sob a condição de que entregasse seu passaporte norte-americano e concordasse em utilizar um dispositivo de rastreamento. Ele recebeu ordens para permanecer no Estado de Nova York ou Connecticut.

Mais de 70 mulheres acusaram Weinstein, co-fundador do estúdio de cinema Miramax e da The Weinstein Co, de assédio sexual, incluindo estupro, com algumas alegações datando de décadas atrás. Weinstein negou todas as acusações.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo