Como resolver conflitos entre irmãos?

Por Ivana Moreira

Irmãos brigam, é fato. Até porque o conflito faz parte da natureza das relações humanas – e não apenas entre irmãos. “E a ausência de conflito não significa amor”, alerta Magda Gomes Dias. A especialista portuguesa criou um curso só para ajudar pais e mães a lidarem com as brigas entre os filhos e lançou, no ano passado, o livro “Para de Chatear a Tua Irmã e Deixa o Teu Irmão em Paz”. Segundo ela, os pais não devem esperar que os filhos sintam amor um pelo outro só porque são irmãos. O que eles precisam é ensinar os filhos a se respeitarem, criando a harmonia familiar que vai gerar vínculos afetivos. Magda dá três dicas básicas para quem não está conseguindo administrar os conflitos entre os filhos dentro de casa:

1. Procure ajuda profissional de um educador parental. Se as brigas chegaram ao ponto de comprometer a qualidade do convívio familiar é porque os pais não conhecem as estratégias para lidar com os conflitos e precisam aprender.

2.  Busque o autoconhecimento em relação ao conflito. Qual experiência que você, pai ou mãe, tem em relação a isso, como reage?

3.  Crie um ambiente de paz em casa. Se os pais são do tipo que batem portas, vivem gritando, dificilmente os irmãos vão lidar de forma diferente com seus conflitos.

Oportunidade para aprender

Trainer brasileira em disciplina positiva, a e educadora Bete P. Rodrigues diz que as brigas entre irmãos podem ser uma oportunidade para que os pais ensinem aos filhos “habilidades da vida” como encontrar soluções que funcionem para mais de uma pessoa. “Os conflitos entre irmãos são mais sobre os pais do que eles pensam”, afirma Bete.  De modo geral, o que eles querem é atenção dos pais. “E eles não devem transformar o conflito entre os irmãos em algo mais importante do que realmente é.” Magda Gomes Dias e Bete P. Rodrigues estarão juntas, nesta sexta-feira (dia 15), em São Paulo, para o Encontro Internacional de Educadores Parentais (mais informações no www.beteprodrigues.com.br).

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo