Gafanhoto e grilo na comida? Na Itália não mais

Restaurantes foram proibidos de servirem bichinhos aos clientes

Por Ansa

O Ministério da Saúde da Itália esclareceu nesta quarta-feira (17) que o uso de qualquer espécie de inseto para fins alimentares no país continua proibida, embora a prática seja cada vez mais comum na Europa.

A dúvida sobre o assunto havia surgido após a entrada em vigor, em 1º de janeiro, de um regulamento da União Europeia que abre a possibilidade de servir gafanhotos e grilos em restaurantes. No entanto, o governo italiano veio a público para esclarecer que nada mudou até o momento.

"No momento, nenhuma espécie de inseto está autorizada", diz um comunicado do Ministério da Saúde. Segundo a pasta, a autorização para colocar no mercado alimentos desse tipo deve ser solicitada primeiramente à Comissão Europeia.

Enquanto alguns países da Europa autorizam a comercialização de insetos em supermercados, outras nações adotam um regime de "tolerância" na utilização dos bichinhos em comidas.

No fim de dezembro, uma padaria da Finlândia começou a vender pão com grilo. Na ocasião, a empresa que fabrica o alimento defendeu que ele possui mais proteínas do que o pão normal.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo