Como cuidar das plantas durante a viagem

Por Metro Jornal com Portal da Band

Quem cultiva plantas em casa e costuma viajar no período de férias, principalmente no calor, enfrenta o problema de como manter as folhas e flores vivas quando não há ninguém em casa para cuidar delas.
Uma das opções é deixá-las sob os cuidados de familiares ou vizinhos, mas para quem não tem a quem recorrer, seguir alguns cuidados de manejo garantem a sobrevivência das plantas mais sensíveis.
Algumas são mais delicadas e quando submetidas à ausência de água, não retornam ao estado em que se encontravam antes e acabam por perecer.

Confira a seguir dicas valiosas que podem evitar aquela desagradável surpresa quando retornar da viagem:

1. Se for possível recolher das varandas mais ensolaradas algumas das plantas em vaso para evitar que o sol quente as castiguem na ausência de água, melhor. Caso seja uma planta da família das suculentas ou das cactáceas, não há muita necessidade porque essas aguentam longos períodos de estiagem. Caso contrário recolhê-las a um lugar mais brando evitará que o substrato se resseque e ela sofra.

2. Quanto à luminosidade, não se esqueça que as plantas, para produzirem energia e sobreviverem, realizam fotossíntese e para este processo um dos elementos necessários é a luz. Portanto, plantas que ficam em locais escuros vão se enfraquecer e podem a morrer, dependendo do período que ficarem sem claridade. Sendo assim, deixe as plantas internas próximas a janelas ou locais com incidência de luz.

3. 
Outra dica é a rega. Molhar abundantemente é bom nos dias de ausência. Se a planta tiver um pratinho com água e borra de café – que evita a proliferação do mosquito da dengue – esta absorve a água quando o substrato seca. Outra solução, são gotejadores com timer, para quem gosta de tecnologia verde. O equipamento é ligado a uma torneira e acionado em dias e horários previamente escolhidos. Os produtos estão à venda em gardens e em alguns supermercados.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo