Redobre os cuidados ao montar a sua árvore de Natal

Saiba como instalar luzes natalinas e livre-se do risco de choques e incêndios

Por Metro Jornal Belo Horizonte
Redobre os cuidados ao montar a sua árvore de Natal

A cena é meio fantasia, meio realidade. Papai Noel entra pela janela para depositar os presentes ao pé da árvore. Noel – na verdade um tio mais velho fantasiado como tal – estende a mão, encosta num dos muitos pisca-piscas e toma um choque que o derruba. Isso, para espanto da criançada que, escondida atrás da porta, estava naquela de conferir se Papai Noel existe ou não. Eterno dilema infantil.

A eletricidade, como se sabe, não escolhe vítimas. Por isso, todos os anos, a Cemig divulga uma cartilha com as ações necessárias para a instalação e manutenção correta de árvores e decoração de Natal, em ambientes internos e externos. Olha o caso das crianças. Curiosas por natureza e sem muita noção de perigo, elas devem ser alertadas para os perigos de choques e incêndios. Na medida do possível, e sem que isso tire o fascínio delas, não deixe que os pequenos tenham acesso direto aos equipamentos. Animais domésticos também entram nesse balaio.

Por razões óbvias, a Cemig recomenda não colocar a instalação em áreas sujeitas a alagamentos ou chuvas. Também, uma distância mínima de 1,5 metro em relação à rede elétrica na instalação de lâmpadas e outros acessórios. Postes e padrões da Cemig não foram concebidos para a instalação de fios e lâmpadas decorativas e oferecem risco para tal.

A decoração, principalmente a externa, deve ser bem fixada para que o vento não a leve de encontro à rede elétrica. A tomada de energia deve ser desligada para a troca ou colocação de lâmpadas. Ao dormir ou sair de casa, desligue os enfeites. Além de economizar energia, diminui os riscos de acidentes. Proteja os pontos das conexões elétricas e as tomadas adequadamente. Se puder, escolha lâmpadas de LED.

Uma regra recomendada pela Cemig é optar por produtos de boa qualidade, com o melhor nível de isolamento elétrico possível. E que sejam usados produtos aprovados pelo Inmetro, submetidos a testes que garantem o bom funcionamento. Evite “gambiarras”, como a instalação de muitos enfeites em uma mesma tomada, utilizando os populares T ou benjamim. Eles provocam sobrecarga e o melhor é optar pelos filtros de linha.

Muitos dos enfeites antigos são incompatíveis com o novo padrão de plugues e tomadas, o que demanda o uso de adaptadores. No entanto, esses aparelhos oferecem os mesmos riscos de Ts e benjamins. Dê preferência aos enfeites impermeáveis. Por fim, não instale decoração próxima de lagos ou piscinas. E que o Natal seja só de festas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo