Realidade virtual ajuda a tratar quem tem medo de avião

Por www.band.com.br

O medo de viajar de avião é um problema mais comum do que se pode imaginar e provoca sérias dificuldades para aqueles que não conseguem superar a fobia. Em todo mundo, pesquisas apontam que 10 a 40% dos adultos têm algum tipo de fobia de voar.

O analista de sistemas Vinícius Silva está nesta porcentagem. Ele conta que tudo começou há seis anos. Mesmo sem ter passado por nenhum trauma, o analista tem dificuldade até para comprar uma passagem aérea. “Falta de ar, palpitações, um medo muito grande, uma sensação de que alguma coisa muito ruim vai acontecer", enumera os sintomas.

Vinícius procurou ajuda e é paciente do programa Livre para Voar, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A terapia tradicional para fobias é adaptada á realidade virtual enquanto a psicóloga mede os níveis de ansiedade.

“A gente primeiro monta uma hierarquia com o paciente, como se fosse uma escada, do que é mais fácil para o que é mais difícil e a gente vai fazendo cada sessão um pouquinho daquilo", conta a psicóloga Júlia Campos.

Gratuito, o projeto ainda está na fase experimental e em breve vai cadastrar novos pacientes. O sistema de realidade virtual foi desenvolvido para que a pessoa passe pelas mesmas sensações de uma viagem real.

"Nos Estados Unidos é bem comum, e na Europa também, tratamentos de várias fobias, traumas, esse tipo de situação que você tem de alguma forma reexpor o paciente àquela situação que causa o estresse para ele", diz Alberto Raposo, coordenador do Livre para Voar.

O analista Vinícius começou o tratamento em junho do ano passado; não está curado, mas já conseguiu fazer uma viagem de avião. “A gente começa a aprender que a ansiedade está lá, mas você consegue lidar com ela e pegar o avião apesar da ansiedade", comemora.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo