Hidratante para cachorro e para gatinho também

Dentro de casa, os pets podem ficar sem cobertas ou roupinhas/Pixabay
Hidratante para cachorro e para gatinho também
Por: Metro Jornal São Paulo

Com o tempo mais frio e seco, a nossa pele resseca e exige uma hidratação maior. Com os nossos pets, não poderia ser diferente. O frio resseca os pelos e a pele deles, causando descamação e até mesmo feridas.

É o que explica a veterinária Fabiana Zerbini, da clínica Virbac Brasil. “O ressecamento pode provocar coceiras, fazendo com que o cão ou o gato se arranhem para aliviar  o incômodo e, consequentemente, se machuquem. Por isso é importante hidratar.”

A hidratação pode ser feita nos pelos secos ou molhados. Se estiverem secos, Fabiana recomenda a aplicação de pipetas veterinárias à base de colesterol, ácidos graxos ou ceramidas. “Aplique o produto na pele do pescoço e das costas – entre os pelos –, e massageie um pouco com as mãos”, indica.

Já durante o banho, é importante, primeiro, não deixar a água muito quente, pois isso causa ainda mais ressecamento. “Nós achamos que, por estarmos com frio, o nosso pet também está, mas não é bem assim. Na hora de dar banho, a água deve estar de morna para fria”, ressalta a veterinária.

Além disso, é recomendável usar xampus e condicionadores à base de ureia ou glicerina. Se você não encontrar produtos com estes componentes, opte pelos neutros. E nunca use sabão de coco! Ele também resseca.

Fabiana pontua ainda que não é necessário diminuir a frequência dos banhos neste período. No caso dos cães, a indicação é de banhos semanais ou mensais. Para os gatos, a periodicidade pode ser ainda menor. “Gatos são mais higiênicos”, explica a especialista.

Outros cuidados
No inverno, também é tendência os donos vestirem seus pets com roupinhas e enchê-los de cobertores. Mas atenção: essa não é uma prática muito saudável.

A veterinária alerta que  cães que ficam dentro de casa e são peludos podem superaquecer se estiverem muito cobertos. “No caso dos que ficam em áreas externas, não há problemas em adotar esses cuidados, até para não pegarem gripe.”

O mesmo vale para gatos, que já procuram sozinhos lugares mais quentinhos para ficar.

Loading...
Revisa el siguiente artículo