Netflix pode acabar com a vida sexual entre casais, sugere estudo

Por Wellington Botelho

Um estudo da Universidade de Lancaster revelou que a hora mais movimentada para uso da internet está entre 22h e 23h. O consumo é impulsionado por aqueles que assistem a serviços de streaming, como a Netflix.

A analise foi feita com quase 400 dispositivos  e mostrou um pico neste momento – com os espectadores prolongando as horas "tradicionais" de assistir TV. "Na medida em que este tráfego está associado à visualização de filmes ou programas, ele sugere que os dispositivos móveis sejam usados para prolongar horas de assistir TV", afirmaram os autores ao Daily Mail.

A nova pesquisa apoia uma advertência do professor David Spiegelhalter, da Universidade de Cambridge, que diz que os casais estão menos interessados em sexo porque assistem mais TV na cama.

Em 2016, ele afirmou que as taxas de sexo na "massa de conectividade" são menores agora quando comparadas na ocasião em que TV era desligada às 10h30.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo