Falta de sono pode ser resultado de ansiedade ou depressão, afirma estudo

Por Wellington Botelho

Um estudo da Universidade de Binghamton, nos Estados Unidos, confirmou que não conseguir dormir pelo menos oito horas por dia está associado à ansiedade ou depressão, informou o periódico Science Daily.

Os pesquisadores descobriram que interrupções constantes no sono são relacionadas à dificuldade em desviar a atenção de informações negativas. O trabalhou apontou que os pensamentos ruins são capazes de interferir no cérebro, não permitindo um descanso noturno adequado.

De acordo com o  professor de psicologia da universidade, Meredith Coles, "acredita-se que esses pensamentos negativos deixam as pessoas vulneráveis a diferentes tipos de distúrbios psicológicos, como ansiedade ou depressão".

Se as teorias estiverem corretas, as pesquisas podem permitir que os psicólogos tratem a ansiedade e a depressão mudando os ciclos de sono dos pacientes para um período mais saudável.

O trabalho foi publicado na revista científica Science Direct.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo