Segundo episódio de websérie fala sobre empoderamento das mulheres no mundo dos games

Por Metro Jornal

O segundo episódio da websérie de "Tech Girls", que estreou segunda-feira (7), conta a história de três mulheres, Kalera, Giu Henne e Pam Shibuya, que sofrem assédio durante partidas de jogos on-line.

Em “Garotas Gamers”, jogadoras profissionais e amadoras falam sobre suas batalhas para conseguir reconhecimento em uma área em que ainda perduram comentários contra o público feminino.

Assista aqui:

“Ao contar histórias de mulheres inspiradoras, como as garotas gamers, que superam preconceito a cada partida on-line, a Samsung pretende engajar a todos para que possam acreditar no potencial humano”, completa Andréa Mello.

Cientistas Brilhantes

No primeiro episódio de "Tech Girls", “Cientistas Brilhantes”, o público conheceu a história de Patrícia Novais, uma astrofísica que teve que superar preconceitos para conseguir respeito no meio acadêmico, e Paula Asprino, uma cientista que precisou batalhar para fazer parte de um núcleo de pesquisas de tratamentos para o câncer. No vídeo, elas revelam as maiores dificuldades encontradas nos meios acadêmico e profissional e também descrevem como superaram os obstáculos para se tornarem grandes nomes no ramo em que atuam.

Assista ao primeiro episódio de Tech Girls:

"Tech Girls"

O projeto "Tech Girls" tem criação e mídia digital realizada pela The Story Lab e a agência Isobar e representa mais um capítulo do posicionamento “Do What You Can’t”. O primeiro conteúdo da marca nesse sentido foi lançado em março deste ano com o lançamento da campanha “Samsung é Mais Jogo”, uma websérie de três vídeos com o técnico Tite.

A iniciativa reúne histórias inspiradoras de mulheres que lutam por reconhecimento no mundo da ciência, games e empreendedorismo, a marca levará para entidades parceiras uma série de oficinas de capacitação dos mais variados temas. O objetivo é reunir o público feminino nos encontros e, assim, materializar a proposta de empoderamento.

As oficinas começam a ser realizadas neste mês de maio no Instituto Vanderlei Cordeiro de Lima e Fundação Gol de Letra, entidades com projetos patrocinados pela Samsung. A marca convidará mães e filhas para participarem de aulas com empreendedoras e mulheres de destaque em diversas áreas de atuação – elas serão responsáveis por ensinar para as convidadas novas atividades que possam gerar receita, entre elas marcenaria, produção de bonecas de pano e conhecimentos em som e mixagem (DJ).

“Com a websérie documental Tech Girls demos o primeiro passo para abordar as questões de gênero enfrentadas por mulheres na área da tecnologia. A Samsung encoraja um mundo mais igualitário em que as pessoas tenham o direito de lutar por seus sonhos e superar seus próprios desafios, por isso agora damos um segundo passo com esse propósito. Nas oficinas iremos levar conhecimentos em diversas áreas para mulheres de idades variadas, mães e filhas, incentivando-as a conquistar autonomia para que possam buscar seus sonhos”, comenta Andréa Mello, Diretora de Marketing Corporativo e de Consumer Electronics da Samsung Brasil.

A primeira oficina acontecerá no próximo sábado, 12 de maio, no Instituto Vanderlei Cordeiro de Lima, com as empreendedoras Joyce, Lucia e Maria Cristina Venancio, da organização Preta Pretinha, que produzem bonecas artesanais e estimulam a inclusão social e a diversidade humana.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo