Você sabe o que seu filho faz no celular?

Por Metro Jornal

O ambiente digital pode ser bastante divertido, mas é preciso ter cuidado, ainda mais se o internauta for uma criança. O excesso de celular e computador pode afetar os estudos, compartilhar informações pessoais com estranhos pode comprometer a segurança da família, entre outros perigos, de acordo com especialistas.

Para que os pais fiquem de olho no que seus filhos fazem na internet, o aplicativo "Family Link", lançado pela Google, tenta conciliar a navegação com regras para que as crianças sejam introduzidas ao universo digital de maneira responsável.

Basta a criança ter um smartphone ou tablet com o sistema Android. O responsável irá criar uma conta no Google para seu filho. Assim os pais conseguem acessar remotamente o que acontece no mundo virtual de seu filho, pelas seguintes funções: gerenciamento de apps (com aprovação ou bloqueio de softwares, antes deles serem instalados); monitoramento de horários com relatório dos apps mais utilizados e atividade semanal ou mensal, incluindo definição de limites diários de uso. E a definição de horários para o dispositivo entrar em modo de “dormir”, com bloqueio dos dispositivos durante esses intervalos.

O "Family Link" somente é compatível com usuários que tenham menos de 13 anos. Ao completar essa idade, a criança pode decidir por continuar usando o aplicativo ou partir para uma conta normal da Google.

O aplicativo não é de graça. A empresa explica que para cumprir os regulamentos de privacidade infantil, precisa do consentimento verificável dos pais antes de coletar informações pessoais de crianças, então uma cobrança única funciona como confirmação de que os pais expressaram seu consentimento.

Mesmo sendo obrigatório a criança ter o dispositivo Android para usar o "Family Link", os pais podem gerenciar a conta pelo sistema iOS. O aplicativo está disponível para a Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, Chile, Irlanda, México, Nova Zelândia, Reino Unido e Estados Unidos.   

Saiba mais sobre o "Family Link" aqui

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo