Você sabe o que são malware, spyware e exploits?

Por Metro Jornal

Malware, Ransomware, Rootkit, Hacking, Exploits… não, esta não é a escalação da Seleção da Islândia para a Copa da Rússia. Estes são os nomes de algumas das ameaças que estão circulando pela internet e que podem "adoecer" seu computador e até mesmo seu celular.

Para você não ficar "moscando" nos termos, o Metro Jornal pediu à Cylance, empresa que desenvolve sistemas de segurança, para explicar o significado de alguns termos. Confira os nomes e um pouco do idioma dos hackers:

Malware – Malicious software (famoso vírus)
Spyware – espiona as vítimas e coleta informações confidenciais
Ransomware – restringe o uso da máquina até que uma ação específica seja adotada (em geral, um pagamento de resgate)
Rootkit – oculta um malware para impedir a detecção normal e habilita acesso privilegiado
Phishing – como diz o nome, ele pesca seus dados, por vezes, com sua autorização. Fique atento na hora de responder aquele e-mail de uma promoção, por exemplo

Exploits – exploração de vulnerabilidade
Dia zero – fornece aos criminosos digitais exploits que nunca foram vistos antes e contornam as soluções antivírus tradicionais
Criptografia – permite que os atacantes evitem a detecção
Custos variáveis – permitem que os atacantes comprem ou aluguem exploits, mesmo com orçamento pequeno

Hacking – invasão de um computador ou celular
DDoS – os hackers podem facilmente definir a magnitude do ataque, ajustando o número de máquinas envolvidas
Cracking de senha – os atacantes fazem engenharia reversa de tudo o que você digita e reconvertem em senhas
Acesso fácil – criminosos com habilidades básicas usam código malicioso para ataques, ou terceirizam para outra pessoa

O que acontece quando uma infraestrutura está comprometida por causa de um ataque hacker, ou de um vírus:

Spam – fornecedores legítimos enviam e-mail solicitado em quantidades maciças e oferecem plataformas de pagamento no caso de ransomware
Botnets – redes infectadas são usadas para enviar spam, iniciar DDoS e distribuir malware
Hospedagem – serviços legítimos com frequência ignoram reclamações sobre uso malicioso

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo