Aplicativos que buscam mudar a vida de pessoas com deficiência

Por Metro Internacional

A tecnologia sempre foi um grande aliada da inclusão. À medida que seu desenvolvimento progride, maior é a disponibilidade de soluções para o cotidiano das pessoas com algum grau de deficiência.

Um estudo , da Fundação Adecco e da Keysight Technologies, indicou que 60% das pessoas com deficiência no mundo usam um aplicativo para melhorar sua qualidade de vida.

Apresentamos alguns aplicativos e dispositivos que buscam servir como suporte:

1.- Ava, um aplicativo para dificuldade de audição

Ava tem uma aplicação muito prática. Ele usa tecnologias de reconhecimento de fala para mostrar uma transcrição em tempo real e em cores da discussão.

Ou seja, use o fone de ouvido para reconhecer os diferentes tons de voz e apresentá-los em cores diferentes, como se fosse um bate-papo. Pode ser baixado tanto no Android quanto no iOS.

2- Linguagem diferente: "LetMe Talk"

LetMe Talk é uma aplicação para comunicação alternativa. O aplicativo permite que você crie frases com imagens e pictogramas.

Não precisa de acesso à Internet. Esta ferramenta é projetada para se comunicar com pessoas com paralisia cerebral, síndrome de Down, esclerose lateral, crianças com distúrbio de fala e distúrbios do autismo.

3- Momo: o relógio inteligente vigilante
Este dispositivo é projetado para crianças e pessoas que sofrem de distúrbios como a doença de Alzheimer ou demência senil.

É um relógio do tipo smartwatch que, através de uma App, comunica com o smartphone responsável pela criança ou pelo adulto correspondente.

O aplicativo permite que você saiba em tempo real a localização da pessoa e até mesmo ouvir o ambiente dela. Os alarmes podem ser configurados para quando a pessoa deixa sua "zona segura" (sala, casa de repouso e outros). Além disso, possui um botão SOS que envia um sinal de alerta ao smartphone do cuidador.

4 – Lazarillo
Lazarillo é um sistema de navegação guiada. Procura ajudar pessoas com deficiência visual a se movimentarem mais livremente na cidade e em espaços fechados.

Funciona graças ao GPS e permite que as pessoas explorem seu ambiente através de indicações auditivas e táteis.

A pessoa que viajar na rua será notificada de lugares próximos, como paradas de ônibus, lojas, cruzamentos e outros.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo