Homens são mais narcisistas que as mulheres no facebook, aponta estudo

Por Metro Jornal

Os homens são mais propensos do que as mulheres a terem motivos anti-sociais para usarem o Facebook, o que pode ser explicado por seus níveis mais altos de narcisismo, apontou pesquisas da Brunel University London. Para chegar ao resultado, foram analisados dados de um estudo com mais de 570 participantes dos EUA.

O narcisismo é um distúrbio no qual uma pessoa tem um senso inflado de auto importância. Acredita-se que este trabalho seja o primeiro a confirmar uma ligação entre esse comportamento e o traço. A pesquisa também descobriu que as mulheres eram mais propensas a usar o facebook de maneira pró-social.

"Ao postar conteúdo autopromocional no Facebook, os narcisistas podem cultivar um perfil online que atrai admiração e opiniões, mas não está realmente preocupado com resultados pró-sociais. Além disso, os narcisistas tendem a ser antagônicos com pessoas que não compartilham as memas ideias, podendo expressar hostilidade ou raiva em relação aos amigos do Facebook que os desafiam ou não lhes dão a atenção que desejam ”, explicou a equipe.

“Incentivar a auto definição de forma interdependente com os outros poderia ajudar a diminuir o comportamento de trollagem e incentivar as pessoas a usarem o Facebook de uma maneira mais socialmente construtiva e harmoniosa, tornando a rede social um lugar mais seguro para todos os seus usuários ”, apontou a pesquisa.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo