Marlboro deve parar de produzir cigarros em breve

Por Metro Jornal

Os cigarros Marlboro em breve deixarão de ser produzidos da maneira convencional. A Philip Morris International (PMI), líder na indústria do tabaco e proprietário da marca, pretende abandonar os cigarros "comuns" e só fabrica produtos sem fumo.

A ideia da Philip Morris, na verdade, é substituir aos poucos os cigarros pelos IQOS, um dispositivo eletrônico que aquece uma mistura de tabaco sem gerar combustão.

O projeto já conta com mais 350 cientistas trabalhando na Suíça. De acordo com a revista "Forbes", US$ 5 milhões foram investidos nos últimos 10 anos.

"Nós anunciamos o compromisso de um dia para parar de vender cigarros, para nos dedicar a comercialização de produtos sem fumaça, que são aqueles que não são de combustão. Há um consenso de que o fumo do cigarro, o resultado desta combustão do tabaco ardente, é a principal causa de doenças associadas ao tabagismo", disse Gonzalo Salafranca, diretor de assuntos corporativos da Philip Morris.

o IQOS já está presente em 38 países e é usado por cerca de 5 milhões pessoas. O IQOS já está presente em 38 países e é usado por cerca de 5 milhões pessoas. / Divulgação

Segundo o site "AM", do México, o IQOS já está presente em 38 países e é usado por cerca de 5 milhões pessoas. Em 2015, o aparelho começou a ser usado no Japão, e espalhou-se por Coreia, Espanha, Itália, União Européia, Canadá e Colômbia. O produto ainda não está disponível no Brasil.

Para 2023, Philip Morris International espera que cerca de 30% do volume total de seus produtos vem desta nova categoria global.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo