Mulher fere quatro na sede do YouTube e se mata após ataque

Por Estadão Conteúdo

A polícia da Califórnia e agentes federais responderam a relatos de tiros nesta terça-feira, 3, na sede do YouTube, em San Bruno. Segundo autoridades locais, uma mulher abriu fogo no prédio, feriu quatro pessoas, uma delas internada em estado crítico, e se matou.

Imagens de canais de televisão locais mostram funcionários da empresa deixando o prédio em fila, com os braços rendidos para serem inspecionadas pela polícia. O Google disse estar colaborando com as autoridades.

O Escritório para Alcool, Tabaco, Armas e Explosivos, que monitora ataques a tiros nos Estados Unidos, também enviou agentes para o local.

Em sua conta no Twitter, o funcionário do YouTube Vadim Lavrusik disse ter visto pessoas correndo e se escondendo após ouvir tiros. "Agora, fomos retirados e estamos em segurança", escreveu

Amigo de um funcionário do Google, Will Hudson disse ter recebido uma mensagem sobre o ataque. "Tem um atirador no meu prédio. Eles estão evacuando as pessoas", disse. Segundo ele, no entanto, o amigo está seguro e já entrou em contato com a família.

Representantes do YouTube ainda não se posicionaram.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo