Uma falha do WhatsApp permite que desconhecidos entrem em grupos privados

Por Metro Internacional
Reprodução / Fayerwayer
Uma falha do WhatsApp permite que desconhecidos entrem em grupos privados

O WhatsApp tem sido historicamente criticado por sua segurança e gerenciamento de dados. Apesar de implantar a criptografia, recentemente pesquisadores descobriram uma vulnerabilidade que afeta a segurança de grupos particulares.

Segundo o portal Fayerwayer, o relatório foi apresentado por especialistas da Universidade Ruhr de Bochum e ressalta que é possível entrar ou adicionar um intruso em um grupo. Embora o erro também possa acontecer nos aplicativos Signal ou Threema, no WhatsApp o assunto parece ser mais grave.

Enquanto a criptografia E2EE não permite que as pessoas possam ver as conversas mantidas pelo aplicativo, incluindo os mesmos desenvolvedores e funcionários do WhatsApp, a falha altera parcialmente essa realidade.

Aproveitando um erro na forma como o WhatsApp lida com conversas de grupo, é possível a qualquer um que controle os servidores WhatsApp inserir novos participantes em um grupo. Ao mesmo tempo, um invasor que tenha acesso ao grupo poderia bloquear seletivamente o que ele quiser, fechando a possibilidade de alertas entre os membros.

Observe que, conforme relatado, só é possível acessar os grupos a partir os servidores do WhatsApp. Obviamente, pode-se pensar que não é uma situação de risco, mas é necessário considerar que qualquer trabalhador da aplicação com acesso poderia realizar essa ação. Além disso, sabendo do erro, existe a possibilidade de que agências externas exijam acesso ao conteúdo dos usuários.

Loading...
Revisa el siguiente artículo