Álcool pode danificar o DNA de células e causar câncer

Por Metro Jornal
Pixabay
Álcool pode danificar o DNA de células e causar câncer

Um estudo publicado na revista "Nature", aponta que álcool pode danificar o DNA nas células-tronco de camundongos, o que ajudaria a explicar a ligação bem conhecida entre o consumo de bebidas alcoólicas e o aumento do risco de desenvolver vários tipos de câncer, incluindo o de cólon. O estudo feito em ratos indicou que o consumo de álcool pode causar danos genéticos permanentes.

Os pesquisadores, comandados por Ketan Patel do Laboratório de Biologia Molecular da Universidade Inglesa de Cambridge, forneceram álcool diluído, conhecido quimicamente como etanol, em ratos e depois usaram análise cromossômica e sequenciamento de DNA para avaliar o dano genético causado pelo acetaldeído, um composto químico produzido quando o corpo processa álcool. O acetaldeído é considerado o principal fator de presença alcoólica e rubor facial.

Os especialistas observaram que o acetaldeído pode danificar o DNA nas células-tronco do sangue, alterando permanentemente as seqüências de DNA dentro delas.

"Alguns tipos de câncer se desenvolvem devido ao dano do DNA nas células-tronco, embora alguns danos ocorram por acaso, nossos achados sugerem que beber álcool pode aumentar o risco desse dano", disse Patel à revista.

A especialista em prevenção do câncer, Linda Bauld, da organização Cancer Research UK, disse que este estudo ressalta "os danos que o álcool pode fazer às nossas células, o que custa mais às pessoas que uma ressaca".

"Sabemos que o álcool contribui para mais de 12 mil casos de câncer no Reino Unido a cada ano, por isso é uma boa idéia pensar em reduzir a quantidade que bebemos", acrescentou Bauld.

Loading...
Revisa el siguiente artículo