Garoto deixa filhote de cão em abrigo com carta sobre violência do pai

Por Metro Jornal

Os voluntários de um abrigo de cães ficaram muito emocionados com a carta que um garoto de 12 anos deixou quando levou seu melhor amigo, um filhote de pitbull chamado René, para viver no local.

O fato ocorreu no começo do ano, mas só agora foi compartilhado pelo grupo. O garoto se chama Andrés, e ele mora no estado de Michoacán, no México.

Junto com a carta e com o cachorro, Andrés deixou um bichinho de pelúcia.

A carta dizia: “Meu nome é Andrés e tenho 12 anos. Minha mãe e eu decidimos deixar meu cachorro em suas mãos, escondendo-o do meu pai, porque ele está pensando em vendê-lo. Mas ele o maltrata e o chuta. Um dia ele o chutou com tanta força que machucou o rabo. Espero que você possa ajudar e cuidar dele”, escreveu o garoto.

Na comovente carta, o garoto acrescentou: "Eu deixei um bicho de pelúcia para ele não me esquecer."

René foi levado ao médico e tratado e colocado à disposição para adoção. Depois que a história foi postada, ele já recebeu 300 pedidos de adoção. (Com Fox 8)

Loading...
Revisa el siguiente artículo