Urso foge e é recapturado duas vezes por abrigo; entidade ambiental fala em 'perseguição'

Animal poderá ser abatido sob ordem do governo local

Por Metro Jornal com Ansa

O Corpo Florestal da província de Trento, no extremo-norte da Itália, anunciou nesta segunda-feira (07) que recapturou o urso identificado como M49 após cerca de dois meses de buscas.

O animal tornou-se famoso no país após fugir por duas vezes e, na primeira delas, ter demorado 10 meses para ser localizado.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

O M49 é "acusado" pelo governo de matar rebanhos, causar danos ao patrimônio e invadir áreas públicas da província. Uma ordem de abatimento chegou a ser assinada pelo governador local, Maurizio Fugatti, mas a medida vem gerando protestos de ambientalistas, já que o urso só está agindo de maneira natural e indo para espaços que, anteriormente, pertenciam aos animais.

A Entidade Nacional de Proteção Animal (Enpa) classificou a recaptura de um "ato extremo de perseguição inútil de um animal símbolo da biodiversidade, da cultura e da natureza".

"Um urso que nunca foi considerado culpado de nenhum ato de agressão contra humanos e que se tornou um símbolo de jogo político", informou em nota.

Loading...
Revisa el siguiente artículo