Gonorreia se torna resistente a antibióticos e casos disparam na Inglaterra

Por Metro Jornal

A Inglaterra registrou 70.936 casos de gonorreia no ano passado, um aumento de 26% em relação a 2018 e o mais alto nível de detecção da doença no país desde 1918, ou seja, há 100 anos.

Um dos principais fatores, segundo os médicos, é que as pessoas deixaram de usar preservativos de forma correta com parceiros novos e casuais. Mas também mostra que a bactéria que causa a doença está se tornando mais resistente aos antibióticos, o que deve se tornar um desafio para os pesquisadores em um futuro próximo.

O país registrou também um crescimento nos casos de sífilis no ano passado na ordem de 10%, passando de 7.260 para 7.980. Outra doença que subiu foi a  Mycoplasma genitalium, que causa corrimento vaginal nas mulheres e dor ao urinar nos homens, de 1.795 para 5.311 (196%).

Loading...
Revisa el siguiente artículo