Palhaços comparecem a velório de amigo e acabam presos

Por Metro Jornal

Com rostos pintados, fantasias coloridas e perucas, cinco palhaços foram presos no Peru durante o velório de um colega de trabalho. Eles são acusados de descumprirem as regras de quarentena durante a pandemia de coronavírus.

A despedida aconteceu em um bairro de Lima conhecido como San Juan de Lurigancho e três outras pessoas que estavam no local também foram presas. “Vocês acham que isso é uma piada, vocês acham que podem tirar sarro da sociedade”, disse o policial visivelmente alterado ao grupo.

Questionado, os palhaços disseram que sabiam que estavam errados, mas que era muito doloroso perder um colega artista e não poder sequer se despedir dele.

O Peru proibiu as reuniões sociais e festas em família em função da pandemia e prorrogou o estado de emergência até 7 de dezembro, com toque de recolher noturno.

Com informações o T13.

Loading...
Revisa el siguiente artículo