Artista Banksy financia resgate a imigrantes no Mar Mediterrâneo

Por Ansa

O misterioso artista de rua britânico Banksy financiou um novo navio para resgate de pessoas no Mediterrâneo, palco de uma crise migratória há quase uma década.

Segundo o jornal The Guardian, a embarcação "Louise Michel", que homenageia uma anarquista francesa do século 19, já está na região e socorreu 89 pessoas recentemente, incluindo 14 mulheres e duas crianças.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

De acordo com o diário, o navio aguarda a designação de um "porto seguro" para desembarcar os migrantes e refugiados e navega agora perto da ilha italiana de Lampedusa.

Pintado de rosa e branco, o "Louise Michel" é decorado com grafites de Banksy e conta com uma tripulação de 10 pessoas, incluindo a capitã alemã Pia Klemp.

O artista britânico fez diversas obras para ironizar a hesitação da União Europeia em relação à crise migratória no Mediterrâneo, que virou túmulo de milhares de pessoas ao longo dos últimos anos.

De acordo com o projeto Missing Migrants, da Organização Internacional para as Migrações (OIM), cerca de 40 mil deslocados concluíram a travessia do Mediterrâneo em 2020, e outras 514 pessoas morreram ou desapareceram tentando.

Loading...
Revisa el siguiente artículo