Espanha registra 12 casos de febre do Nilo

Por Metro Jornal

Doze pessoas foram internadas, 7 delas na UTI, na última semana em Sevilha, na Espanha, com meningoencefalite viral. Os exames confirmaram o vírus que causa a febre do Nilo.

A doença é transmitida pela picada de um mosquito contaminado pelo vírus, chamado vírus do Nilo Ocidental, e pode levar à morte. Foi registrada pela primeira vez em 1037, na África, e de lá se disseminou por todo o mundo.

De acordo com pesquisas, 80% dos infectados não apresentam sintomas, mas os outros 20% tem febre, dores no corpo, náuseas, vômitos, rigidez do pescoço, estupor, desorientação, coma, tremores, convulsões, fraqueza muscular e paralisia.

Até o momento, os pesquisadores não encontraram uma transferência da doença entre humanos. Assim como a dengue, não existe uma vacina para a doença e só pode ser controlada com tratamentos paliativos.

Com informações do T13.

Loading...
Revisa el siguiente artículo