Gato era usado para levar droga e contrabando para dentro da prisão

Por Metro Jornal

Um gato que era mantido preso em uma cadeia do Sri Lanka conseguiu fugir no último sábado quando os policiais abriram a cela para alimentá-lo ele simplesmente saiu correndo.

O animal foi pego tentando entrar no presídio de alta segurança de Welikada, na capital Colombo, com heroína, chips de celulares e cartões de memória presos em uma pequena sacola plástica atada a seu corpo.

Autoridades policiais suspeitam que o gato tenha sido treinado para levar drogas para a penitenciária por um cartel associado ao crime local. Foi relatado pela polícia local que a penitenciária tem presenciado um aumento de itens restritos, como drogas, celulares e carregadores de telefone.

O paradeiro do “gato contrabandista” ainda é desconhecido da polícia.

Com informações do The Sun.

Loading...
Revisa el siguiente artículo