Caçador é preso com tigre raro morto no porta malas do carro

Por Metro Jornal

Autoridades russas prenderam um caçador de 44 anos quando ele tentava vender partes de um dos tigres mais raros do mundo que estavam no porta-malas de seu carro, em Khabarovsk, Rússia.

As partes do animal (cabeça, pele e patas) encontradas no carro pertencem a uma tigresa de Amur com idade de 3 a 5 anos. Esse animal, nativo do extremo leste da Sibéria, tem apenas cerca de 300 fêmeas vivas e o mesmo número de machos e corre sério risco de extinção.

A pele e as partes do corpo do animal deveriam ser contrabandeadas para a China, onde são usadas como troféus e também para fazer remédios da medicina tradicional chinesa.

O caçador foi preso e vai responder por tráfico de animais.

Com informações do The Mirror.

Loading...
Revisa el siguiente artículo