Dor de dente vira infecção no cérebro e quase mata mulher de 35 anos

Por Metro Jornal

Rebecca Dalton, de Snaith, no leste da Inglaterra, foi ao dentista em dezembro com um pequeno abscesso (infecção) no dente. Como ela estava grávida e não pode extrair o dente, primeira opção do dentista, optou-se por antibióticos para tratar a infecção.

Em março, ela começou a ter alterações de personalidade, dificuldade em reconhecer as pessoas e também passou a ter problemas motores, perdendo até a capacidade de andar.

Levada às pressas para o hospital, os médicos descobriram que ela tinha abscessos no coração, fígado e no cérebro provocados pela mesma bactéria que havia contaminado e infeccionado seu dente.  A infecção estava pressionando a parte frontal do cérebro, causando os sintomas que estava sentindo.

LEIA TAMBÉM:
Homem recupera iPhone que havia caído no mar há 6 dias e ele ainda funcionava

Rebecca ficou meses internada no hospital e teve que ser testada pelo menos seis vezes contra covid-19 neste período. Os médicos avisaram sua família que ela poderia não sobreviver, mas contrariando o diagnóstico, ela teve alta na ultima semana.

"É como se minha memória tivesse apagado tudo", explicou.

Com informações do The Sun.

Loading...
Revisa el siguiente artículo