Caso Madeleine McCann: Polícia encontra porão escondido e relembra fala chocante do principal suspeito

Por Victória Bravo

As buscas por evidências sobre o desaparecimento de Madeleine McCann continuam em Hannover, na Alemanha. Máquinas escavadoras e cães farejadores investigam a área em que Christian Brueckner, principal suspeito, morava em 2007.

De acordo com o Metro Reino Unido, a polícia alemã descobriu um porão no local que ficava sob um galpão de madeira que foi demolido entre o fim de 2007 e 2008, meses após o desaparecimento de Madeleine em Portugal.

A pequena estrutura de madeira na época contava com apenas um quarto para guardar ferramentas e uma cozinha. No mês passado, um ex-amigo de Brueckner alegou que o suspeito tinha um porão em uma propriedade que ele queria reformar com chapas de metal “como as de Josef Fritzl”.

Fritzl ficou conhecido como "o monstro de Amstetten" após sequestrar e manter a filha e presa um porão durante 24 anos na Áustria. Ele teve sete filhos com a vítima e recebeu pena de prisão perpétua pelas acusações, incluindo estupro, incesto, assassinato e prática de escravidão.

Aproximadamente 100 policiais continuam usando trabalhando no local em busca de novas pistas.

LEIA TAMBÉM: 

Loading...
Revisa el siguiente artículo