Trans e travestis da Casa Nem ganham certificado por produzir mais de 12 mil máscaras

Por Band.com.br

A Prefeitura do Rio entregou, nesta quarta-feira (50) certificados para 50 trabalhadores travestis e transgênero pela confecção de mais 12 mil máscaras de proteção à covid-19.

LEIA MAIS:
Travestis e transgêneros encontram obstáculos para entrar e permanecer no ensino superior
SP tem déficit de 83,3 mil vagas em presídios, diz TCE

A formatura simbólica aconteceu na Casa Nem, em Copacabana, Zona Sul do Rio, que acolhe lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transgêneros em situação de rua e vulnerabilidade social.

O projeto, chamado de "Máscaras do Bem", também inclui 27 mulheres da Vila Mimosa, na Zona Norte carioca, que produziram cerca de 5.300 equipamentos de proteção.

A produção aconteceu entre 14 de maio e 6 julho e todas as 17 mil peças confeccionadas foram destinadas à projetos sociais e pessoas em situação de crise social.

Loading...
Revisa el siguiente artículo