Homem é multado em R$ 39,5 mil por furar a quarentena

Por Metro Jornal

Em isolamento social por 15 dias, Gareth Le Monnier, 37 anos, de Jersey, na Inglaterra, resolveu furar o isolamento social e dar um pulinho na cidade para cortar o cabelo.

O corte de cabelo custou 30 libras (R$ 197) e ele aproveitou para passar numa cafeteria e tomar um cafézinho  para olhar o movimento da rua (mais 2 libras), mas a conta final ficou bem mais cara do que ele poderia imaginar.  Como a ordem de isolamento era oficial, já que ele tinha suspeita de contaminação por covid-19, autoridades locais visitaram sua casa bem na hora em que ele estava fora. Sua mulher tentou ainda contornar o problema dizendo que ele estava dormindo, mas eles não acreditaram o foram checar.

À noite, quando Monnier chegou em sua casa, os oficiais ainda o esperam na porta de sua residência. Ele se escondeu no carro e tentou fugir, mas foi visto e acabou no tribunal da cidade, onde confessou ter furado a quarentena em dois dias consecutivos.

Ele foi multado em 3 mil libras por cada violação (um total de R$ 39,5 mil) e permanecerá detido até que pague as multas.  No tribunal, o juiz alegou que ele colocou suas próprias necessidades antes das necessidades das outras pessoas.

Mas a pior parte é que quando foi pego, faltavam apenas algumas horas para acabar seu período de isolamento social forçado.

Com informações do The Sun.

Loading...
Revisa el siguiente artículo