Catarse lança financiamento coletivo para ajudar escritores e livrarias independentes

Por Metro Jornal

A plataforma de financiamento coletivo Catarse anunciou, nesta quarta-feira (15), a criação de uma grande rede de apoio financeiro para a literatura independente. A arrecadação dura até 19 de agosto, e pretende ajudar autores, livrarias e pequenas editores durante a pandemia.

A meta é levantar R$ 750 mil, e o fundo já conta com apoio da Amazon, TAG Livros, Antofágica e Companhia das Letras. Até o momento, R$ 438.775 foram arrecadados, o que representa 58% da meta; destes, R$ 430 mil foram doados por empresas parceiras.

LEIA MAIS:
‘São Paulo vai demorar até 6 anos para retomar arrecadação’, projeta Covas
Previsão do Tempo: sol dá sinal de vida nesta quinta-feira em São Paulo

Pessoas físicas também podem fazer doações. Colabore na página oficial do projeto do Catarse.

A meta é distribuir R$ 2 mil para cada autor e R$ 5 mil para livrarias e editoras do total arrecadado. Os interessados em receber parte das doações podem se escrever até 31 de julho num formulário online. Os critérios diferem entre as categorias editora, livraria e autor.

As editoras que queiram ser ajudadas devem ter pelo menos um ano, não pode estar recebendo patrocínio de empresas e seu faturamento não pode ultrapassar os R$ 300 mil por ano.

As livrarias também devem ter pelo menos um ano de vida, no máximo uma loja física e/ou virtual, não podem fazer parte de nenhuma rede ou estar recebendo patrocínio de empresa e também têm que ter um faturamento de até R$ 300 mil.

Já os autores precisam ter sido publicados no formato impresso ou digital, de forma independente ou por meio de uma editora também independente, pelo menos uma obra inédita nos últimos 12 meses e devem ganhar até R$ 81 mil por ano.

Vale - Branded content - julho/2020
Loading...
Revisa el siguiente artículo