Em ato de vingança, motorista chinês joga ônibus contra reservatório e mata 21

Por Metro Jornal

Em um ato de vingança contra o governo local, que ordenou que sua casa fosse demolida, um motorista chinês conhecido por seu sobrenome, Zhang, jogou um ônibus cheio de passageiros no reservatório de água da cidade, matando pelo menos 21 pessoas, incluindo ele próprio.

O caso ocorreu neste domingo, em Anshun, no sudoeste da China. De acordo com um comunicado oficial, o motorista de 52 anos foi visto bebendo uma garrafa de um licor muito forte enquanto dirigia.  Imagens de câmera mostram o momento em que o ônibus com 36 passageiros invadiu a faixa oposta da pista e atravessou a barreira de proteção antes de cair no lago, que em seu ponto mais profundo tem 15 metros.

LEIA MAIS:
Adolescente de 15 anos morre de peste negra na Mongólia
Ex-padre teria gasto US$ 1 milhão da igreja em sexo sadomasoquista

O resgate demorou quase 10 horas e 21 pessoas foram retiraras mortas do local, 15 feridas e uma pessoa sem ferimentos. As mortes ocorreram por afogamento.

Ainda segundo as autoridades locais, na manhã do acidente Zhang ligou para uma linha direta do governo para reclamar da demolição de sua casa, mas a polícia disse que ele havia assinado um acordo que permitia derrubar a residência e que teria direito a uma compensação de 72.000 yuanes  (8.160 libras ou R$ 55,2 mil), que ele não reclamou.

A polícia disse ainda que uma falha no ônibus foi descartada, já que o veículo estava em perfeitas condições de uso.

Loading...
Revisa el siguiente artículo