Adolescente de 15 anos morre de peste negra na Mongólia

Por Metro Jornal

A Mongólia confirmou a morte de um adolescente de 15 anos vítima da peste bubônica, ou peste negra, como também é conhecida.

O garoto morreu na província de Govi-Altai, no oeste do país. De acordo com as primeiras informações, ele teve febre alta depois de comer carne de marmota e morreu em três dias. Dezenas de pessoas que tiveram contato com ele foram isoladas em quarentena.

Outros dois casos da doença foram diagnosticados recentemente na província vizinha de Hhovd, também após consumi a carne do roedor crua.

LEIA MAIS:
Noiva morre em festa de casamento dos sonhos em palácio luxuoso

A confirmação do terceiro caso fez o Ministério da Saúde da Mongólia admitir que as regiões Montanhosas da China e da Rússia, países que fazem fronteira com a Mongólia, correm o risco serem infectadas também pela peste.

A peste negra é uma doença bacteriana altamente infecciosa transmitida por pulga de ratos e roedores em geral, como a marmota. Ela é capaz de matar em até 24h. Os sintomas são inchaço nos gânglios linfáticos na virilha, axila e pescoço, febre alta e supurações (formação de pus).

No século XIV, a peste assolou a Europa e matou pelo menos 200 milhões de pessoas, cerca de um terço de toda população mundial da época.

Com informações do Daily Mail.

Loading...
Revisa el siguiente artículo