Naja que atacou estudante é achada atrás de shopping em Brasília

Por Metro Jornal

A Polícia Ambiental do Distrito Federal encontrou nesta quarta-feira uma cobra da espécie Naja kaouthia, também chamada de Naja de monóculos, atrás de um shopping de Brasília. Trata-se da mesma cobra que mordeu o estudante Pedro Henrique dos Santos, de 22 anos, que está internado em estado grave no Hospital do Gama.

De acordo com a polícia, demorou muito para encontrar o réptil porque um amigo da vítima havia escondido o animal e tentou despistar a polícia, dando pistas falsas.

Agora a polícia ambiental quer descobrir como essa espécie de cobra, encontrada apenas na África e sudoeste da Ásia, veio parar em Brasília.

Considerada uma das cobras mais venenosas do mundo, essa espécie de naja é bastante agressiva e possui o desenho de um olho atrás da cabeça para afugentar os predadores. O estudante atacado tinha o animal há dois anos.

Loading...
Revisa el siguiente artículo