Coronavírus pode causar priapismo, alertam médicos franceses

Por Metro Jornal

Um homem de 62 anos deu entrada no Centre Hospitalier de Versailles, em Le Chesnay, na França com um quadro grave de coronavírus e os médicos notaram que um dos efeitos colaterais da doença é o priapismo, uma dolorosa ereção que pode durar 4 horas ou mais.

De acordo com os médicos, após a drenagem do sangue do pênis do paciente foi possível  constatar que a causa da ereção prolongada foram os coágulos criados pela ação do coronavírus nas veias da região.

A coagulação, ou trombose, tem sido relatada desde o começo da pandemia como uma das complicações perigosas da doença. Os coágulos entopem artérias e veias e podem causar ataques cardíacos e derrames fatais, mas essa é a primeira vez que o priapismo foi relatado como efeito colateral em pacientes com covid-19.

O paciente deixou o hospital após passar 2 semanas na UTI com ventilação mecânica.

Com informações do Daily Mail.

Loading...
Revisa el siguiente artículo