Poema em livro levou desconhecido a tesouro de US$ 1 milhão

Por Fernando Martins

Um poema deixado propositalmente em um livro de memórias gerou uma verdadeira caça ao tesouro nas Montanhas Rochosas, região que fica no sudoeste dos Estados Unidos.

Ouro e pedras preciosas no valor total de US$ 1 milhão (cerca de R$ 5 milhões) foram escondidos em 2010 pelo milionário americano Forrest Fenn, de 89 anos, e a única pista deixada era um poema que anexou ao seu livro publicado. Lá estava a chave para o tesouro que incluía diamantes, rubis e safiras. "Então, escute e escute bem, seu esforço valerá a pena; se você for corajoso, eu te dou o título de ouro", dizia um dos versos do poema.

Foram 10 anos de busca para desvendar o mistério do tesouro escondido, em uma trama que facilmente renderia um filme e Hollywood  e mobilizou milhares de pessoas, 5 das quais perderam a vida nessa aventura.

A busca finalmente chegou ao fim e a arca perdida foi encontrada. O nome do novo milionário não foi divulgado, mas ele enviou uma foto do tesouro para Fenn para comprovar seu achado. "Estava sob um dossel de estrelas na exuberante vegetação florestal das Montanhas Rochosas e não havia se mudado do local onde eu o escondi há mais de dez anos", disse o milionário excêntrico, que teve a ideia de esconder o tesouro para incentivar as pessoas ávidas por aventuras.

Loading...
Revisa el siguiente artículo