Homem processa Apple em US$ 1 tri por roubo de 'funções inéditas' de celular

Por Metro Jornal

Um homem está movendo um processo contra a Apple, nos Estados Unidos, e pede uma indenização jamais vista na histórias dos tribunais, de nada menos do que US$ 1 trilhão (em nosso dinheiro daria quase R$ 5 trilhões), alegando que o sistema iOS 12 teria sido inspirado em recursos desenvolvidos por ele que estavam em seu aparelho de celular deixado para conserto em uma Apple Store, em 2018.

Este é o segundo processo que Raevon Terell Parker move contra a empresa. No primeiro, Parker alegou que  a Apple havia ‘roubado informações’ de seu Iphone 7 e as utilizado no desenvolvimento do iOS 12 e iOS 13 também na Apple Store, por isso ele seria dono das patentes dos sistemas.

Segundo o autor da denúncia, seu aparelho era único e tinha funções inéditas que depois acabaram sendo incorporadas ao sistema iOS2 e outras versões, como as chamadas em grupo do Facetime, entre outros recursos.

O primeiro processo foi arquivado pelo juiz por 'total falta de fundamentação na acusação'. O segundo segue em análise de Justiça.

Fonte: Apple Insider

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo