Após viagem de 2 mil km, elefanta de circo chega a santuário em Mato Grosso

Por Metro Jornal

Uma elefante de origem indiana e cerca de 50 anos de idade acaba de fazer do Brasil seu novo lar. Ela agora deve passar o restante de sua vida no Santuário de Elefantes Brasil na Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso.

De nome Mara, ela passou mais de vinte anos apresentando-se em circos na América do Sul, até a proibição da exploração de animais em picadeiros se tornar lei em sua então casa, a Argentina.

LEIA MAIS:
Pesquisa busca desenvolver teste rápido para covid-19 usando saliva
Motoristas têm dificuldades para conseguir isenção do rodízio em São Paulo

Até a semana passada, Mara residia no zoológico Eco Parque em Buenos Aires. Há alguns dias, ela começou uma viagem de 2.750 km em uma caixa transportadora, percorrendo estradas argentinas, paranaenses e sul-mato-grossenses até chegar ao Santuário.

View this post on Instagram

Os registros existentes sobre Mara indicam que ela nasceu na Índia e, posteriormente, levada a um zoológico na Alemanha. Em 1970 foi vendida e trazida para a América do Sul para se apresentar em circos. Em 1995, com a aprovação do decreto que proibia a exploração de animais em circos, Mara, já na Argentina, foi enviada para um zoológico em Buenos Aires, onde viveu até a semana passada… Hoje, ela diz adeus ao seu passado e recomeça. E nos demonstra, dentro daquela caixa, que tudo o que a vida quer da gente é coragem! São seus atos de compaixão e esperança, representados através de suas doações, que estão possibilitando a vinda de Mara, e nos ajudarão a construir um sólido amanhã, um lindo futuro para essa tão querida menina. Suas doações nos aproximam mais e mais de nossa missão: resgatar os elefantes em situação de risco na América do Sul, pois o melhor que podemos ser, somos, quando conseguimos colocar um desses elefantes dentro da caixa de transporte, rumo ao Santuário. Um grande sonho, persistente e presente em todos nós, todos os dias, para o resto de nossas vidas. Ajude-nos a ajudar os elefantes! Informações sobre doações na nossa bio. #elefantesbrasil #vemmara #MARAvilhosa #amanadavaicrescer #soudamanada

A post shared by Santuário de Elefantes Brasil (@elefantesbrasil) on

A odisseia foi possibilitada por doações feitas diretamente na página do Santuário. É possível ajudar a alimentar e garantir o bem estar de uma das residentes – Maia, Lady, Rana e, agora, Mara – clicando neste link.

Toda a viagem foi documentada no Instagram da organização. Com equipe reduzida para o transporte, devido à pandemia de coronavírus, "Marita" foi levada por estradas de terra e concreto, descobrindo novas paisagens e novas comidinhas pelo caminho.

Nesta quarta-feira (13), ela finalmente chega a seu lar final. Em transmissão ao vivo, o santuário mostrou sua emocionante chegada. Confira clicando em "Ao Vivo" no perfil do Instagram.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo