Brasileiro e esposa constroem avião e viajam 9 mil quilômetros

Por Jornal da Band

O técnico de TI Guilherme Barros, que é brasileiro, começou a planejar essa aventura com a esposa, a norte-americana Mary Barros, cinco anos atrás, quando Guilherme decidiu comprar peças de um avião monomotor, modelo RV-9A, pela internet.

“Sempre tive essa ideia de construir um avião e é possível. Algumas firmas vendem kits com peças de metal já cortadas no tamanho certo. [Construir o avião] foi uma terapia, eu queria fazer algo diferente”, conta Guilherme ao Jornal da Band.

O casal levou três anos e meio para fazer a montagem do avião, começando pela cauda, asas, fuselagem, motor e parte elétrica. Depois que este quebra cabeça foi montado, a Agência Americana de Aviação fez uma inspeção e a aeronave foi liberada para voos.

Trajeto
Pilotando cerca de cinco horas por dia, o casal passou pelos Estados norte-americanos de Atlanta e Flórida, por Bahamas, República Dominicana, Porto Rico, Antígua e Granada, na América Central, fez uma escala na Guiana, antes de chegar no Brasil por Roraima, passando por Amazonas, Mato Grosso e Minas Gerais, até chegar ao Rio de Janeiro, após dez dias de viagem.

O trajeto foi todo gravado por uma câmera acoplada no avião e revelou paisagens panorâmicas de tirar o fôlego, como as ilhas no mar azul do Caribe ou, já no Brasil, o encontro das águas dos rios Negro e Solimões, em meio à Floresta Amazônica.

A viagem também teve um objetivo além do lazer. “A gente quer incentivar e atrair atenção para a aviação experimentar”, acrescentou o brasileiro.

Agora, Guilherme e Mary vão embarcar novamente no avião que eles criaram para retornar para casa, nos Estados Unidos, após uma verdadeira aventura nas férias.

Loading...
Revisa el siguiente artículo