Garoto de 8 anos era obrigado a ficar de joelho em grãos de trigo por 9h

Por Metro Jornal

Um garoto de 8 anos chegou correndo à casa de um vizinho com os joelhos em carne viva, pedindo socorro.

A polícia foi imediatamente acionada e descobriu que o garoto era torturado várias vezes ao dia, por até 9 horas seguidas, pelo padrasto, Sergey Kazakov, de 35 anos, e sua mãe, Alina Yumasheva, de 27 anos.

A punição era ficar ajoelhado em grãos de trigo, que são duros e afiados como o milho, por dias a fio se ele quebrasse qualquer regra da casa ou chegasse atrasado na escola. Uma webcam era usado para o padrasto controlar online se o garoto estava cumprido a punição.

A tortura só acabou quando o menino conseguiu fugir e procurou o vizinho. A enfermeira que cuidou do garoto disse que as lesões eram horríveis. Os grãos penetraram na pele e criaram feridas profundas no joelho do garoto.

O padrasto e a mãe foram condenados pelo tribunal da cidade de Omsk, na Rússia, e ficarão presos por vários anos e o menino foi encaminhado a uma instituição que cuida de menores.

Com informações do Metro.UK

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo