Artesã do meme 3 reais processa 56 empresas por uso indevido de imagem

Por Metro Jornal

Raquel Motta, artesã que ficou famosa pelo meme "3 reais", que viralizou em 2019, abriu ação contra 56 empresas por uso indevido de sua imagem. As informações são da coluna de Ancelmo Góis, no jornal O Globo.

O meme surgiu depois que o quadro "Isso a Globo não Mostra", do Fantástico, exibiu uma edição de um quadro do programa É de Casa em que Raquel, que também é produtora cultural, ensinava a produzir uma carteira no valor, claro, de R$ 3. A intenção era dar uma ideia de empreendedorismo para mulheres.

A montagem exibida no programa mostrava a artesã repetindo 3 reais inúmeras vezes em conversa com a apresentadora Ana Furtado, que aparece surpresa com a barganha. Ela aproveitou a onda e montou uma loja virtual, além de servir de garota propaganda.

Segundo Raquel, ela deve processar outras empresas em breve. “A equipe conseguiu montar, até agora, dois processos, contra 56 empresas ao todo. Ainda vou processar as outras. É um absurdo o que fizeram”, disse à coluna de Ancelmo Góis.

Loading...
Revisa el siguiente artículo