Este homem contraiu uma infecção séria depois de um parasita nadar pela uretra e por ovos dentro dele

Por Rodrigo Almeida

Um jovem quase morreu depois de ser contaminado por um parasita que depositou ovos no corpo e levou a um ataque do próprio corpo à coluna espinhal dele.

A história de James Michael, 32, começa na Zâmbia. Ele os amigos visitaram a África na esperança de fazer uma viagem inesquecível. De lá ele foi para o Zimbábue e, por fim, terminou o tour em Malawi.

Na última nação, James e os amigos fizeram canoagem e nadaram no lago Malawi pelo menos três horas por dia por uma semana. No lago ele foi infectado por um parasita que nadou pelo pênis dele para depositar os ovos.

James disse aos tabloides ingleses que deixou o continente africano sentindo-se melhor do que nunca. Três meses depois o homem acordou sem sentir o movimento das pernas.

Ao procurar ajuda e não conseguir reverter a situação, o rapaz foi ao Hospital de Doenças Tropicais e lá descobriu que havia sido contaminado pelo parasita Schistosoma mansoni, mais conhecido como a esquistossomose ou barriga d’água.

No caso de James, a contaminação causou uma reação na qual o sistema imunológico dele passou a atacar o próprio corpo, ocasionando a perda total dos movimentos das pernas.

Depois de medicado com esteroides fortíssimos, o rapaz recebeu um diagnóstico um pouco assustador: ele tinha apenas 30% de chance de retomar os movimentos completos dos membros.

Pelos sete meses seguintes o rapaz passou três de cadeira de rodas e mais quatro usando muletas. Em entrevista ao The Sun ele disse que “perder os movimentos das pernas foi algo que afetou cada momento da minha vida”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo