Ladrão de calcinhas atacava varais em Minas Gerais

Por Metro Jornal

Dezenas de mulheres da cidade de Turmalina, região do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, já haviam procurado a polícia para denunciar o desaparecimento de calcinhas e sutiãs dos varais de suas casas, mas até a manhã desta segunda-feira o roubo das peças era um mistério.

Nesta segunda, durante o cumprimento de um mandado de prisão por furto, a polícia desvendou o mistério do "terror dos varais de Turmalina. Durante buscas na casa do preso, foi descoberto nada menos do que 1.045 peças íntimas escondidas em um dos quartos. Eram mil calcinhas e 45 sutiãs de todas as cores e modelos.

O homem, de 41 anos, disse que cometia o crime em vários locais. Na hora da prisão, inclusive, ele usava uma das calcinhas roubadas.

De acordo com a polícia, pelo número de peças é razoável acreditar que boa parte dos 8.880 moradores da cidade foram vítimas dele.

Com informações do G1.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo