Vítima de bullying esperou 50 anos para se vingar e matou agressor

Por Metro Jornal

Há um velho ditado que diz que "quem bate esquece, quem apanha, não!" E o tailandês Thanapat Anakesri, de 69 anos, não esqueceu o que aconteceu há 50 anos, época em que ainda estava na escola, na cidade de Ang Thong, na Tailândia, e era vítima frequente de bullying.

No último sábado, a turma da escola  de Thanapat se reuniu para comemorar 50 anos de formatura. Após um jantar de confraternização, ele resolveu tirar a limpo o passado e perguntou a seu antigo agressor, Suthat Kosayamat, também de 69, por que ele o perseguia e o torturava na escola quando eles tinham 16 anos. Kosayamat respondeu que não tinha lembranças dos atos de bullying  citado pelo colega.

Muito irritado, Thanapat exigiu um pedido de desculpas e diante da recusa do ex-colega, sacou a arma e atirou várias vezes, matando seu antigo agressor.

Um dos amigos de escola, Tuean Klakang, de 69 anos, disse que Thanapat nunca conseguiu esquecer o passado. "Mas nunca imaginei que ele pudesse matar um amigo", disse.

Com informações do Metro.co.uk

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo