Mulher que fingiu doença mental para fazer cirurgia plástica de graça inicia crowdfunding para levantar o bumbum

Por Rodrigo Almeida

Carla Bellucci é considerada pelo tabloide The Sun,e por muitos britânicos, a mulher mais odiada do Reino Unido. A ex-modelo tem tomado atitudes que contribuem com o título.

Depois de fingir depressão para ter uma cirúrgica plástica paga para pelo serviço de saúde britânico (NHS), Carla também revelou que flertou com médicos para ganhar descontos.

Com uma imagem já combalida, Carla pediu mais uma vez a ajuda do NHS para uma cirurgia plástica para realçar o bumbum.

A plástica popularizada pelas Kardashians, a famosa Brazilian Bum Lift, pode matar um a cada 3 mil pacientes, e custa 7 mil libras, cerca de 34 mil reais.

Com o histórico da ex-modelo, o NHS prontamente recusou o pedido. O que a levou a criar um Crowdfunding – serviço de financiamento público, geralmente usado por empreendedores sem capital para lançar um produto -, para levantar o dinheiro.

Além disso, a ex-modelo disse que “gente feia não vai a lugar algum hoje em dia”. Por esse motivo ela criou uma poupança para a filha de 14 anos, que, segundo ela, “não é muito esperta academicamente”.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo