Youtuber publica, sem querer, vídeo em que bate e cospe em seu cachorro

Por Metro Jornal

A youtuber americana Brooke Houts publicou um vídeo em que tenta replicar um viral entre os amantes de cachorro: acompanhados dos donos, os bichinhos reagiam à pegadinha do plástico filme. Eles pulariam a barreira plástica colocada na porta? Eles ignorariam e passariam assim mesmo? Eles ficariam confusos? Porém, os bastidores dessa gravação não foram nem um pouco fofos. A influenciadora digital bateu, empurrou e chegou a cuspir em seu doberman, chamado Sphinx.

Leia mais:
Turista que sentar em famosa escadaria de Roma será multado
Suely Franco relembra como superou relacionamento abusivo

As cenas são difíceis de ver para quem ama animais. E o mais impressionante é que a própria Brooke publicou essas imagens – que fazem parte do material bruto gravado. Aparentemente, o upload foi feito por acidente antes da postagem do vídeo final, de cerca de 1 minuto. As imagens de violência contra o cão foram deletadas na sequência. Porém, perfis de proteção animal recuperaram o vídeo original e a história foi ganhando repercussão.

A youtuber parece frustrada com o resultado das gravações e desconta no cachorrinho. No fim do vídeo editado, que ainda está disponível no canal, ela diz, sem graça, que a pegadinha não deu certo.

Desde a publicação 'acidental' das provas de seu comportamento abusivo com Sphinx, há dois dias, a moça tem recebido muitas críticas. Ela tem cerca de 340 mil inscritos em seu canal e publica muito conteúdo com o cachorrinho: nas duas últimas semanas, foram quatro vídeos só com Sphinx.

Segundo o site TMZ, a polícia de Los Angeles, onde ela mora, está investigando o caso. Em post em seu Instagram, que deixou privado nos últimos dias, a youtuber se defendeu das acusações. "Eu não sou uma abusadora de cachorros ou de qualquer animal, de maneira nenhuma. Qualquer pessoa que já tenha testemunhado ou ouvido abuso contra animais consegue ver isso claramente. Meu cachorro não foi ferido de maneira alguma".

O relato, em inglês, também pode ser visto no perfil do Twitter de Brooke.

Brooke também afirmou que não contratou um adestrador para o doberman por causa do alto custo do serviço. Adotado no fim de 2018, Sphinx tem até perfil no Instagram.

AVISO: IMAGENS DE VIOLÊNCIA CONTRA ANIMAIS


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo