Corpo cai de avião em Londres e quase atinge homem que tomava sol no quintal

Por Victória Bravo

O corpo de um homem, que teria viajado no compartimento do trem de pouso de um avião, foi encontrado no jardim de uma casa no sul de Londres.

De acordo com o Metro Reino Unido, o momento chocante aconteceu enquanto o residente da casa tomava sol no quintal no último domingo.

Segundo a polícia, o suposto viajante clandestino teria caído de um avião das companhias aéreas da Kenya Airways que se dirigia para o aeroporto londrino de Heathrow, a oeste desta capital, vindo de Nairobi.

Um vizinho de John Baldock, que viu o corpo impactar o chão com toda força, disse à mídia britânica que foi possível ouvir de longe o barulho da vítima congelada batendo no concreto e descreveu ver sangue “em todas as paredes do jardim”.

ft Reprodução / Metro Uk

“Eu ouvi um 'whomp', subi as escadas para olhar pela janela. No começo, pensei que fosse alguém dormindo no jardim. Ele tinha todas as roupas e tudo. Mais atento vi que havia sangue por todas as paredes do jardim. Sua cabeça estava de forma estranha. Eu percebi imediatamente que ele havia caído. (…) Uma das razões pela qual seu corpo estava tão intacto era porque seu corpo era um bloco de gelo”, revelou.

Em 2012, um homem identificado como Jose Matada, caiu de um voo da British Airways após vir da Angola clandestinamente no compartimento do trem de pouso. Seu corpo foi encontrado em uma calçada de Londres e o inquérito da sua morte apontou que ele havia enfrentando temperaturas abaixo de 60° C durante a maior parte de voo de 12 horas.

 


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo