Jovem 'adota' filhote de urso pensando que era cachorro e acaba presa

Por Victória Bravo

Uma cantora foi presa por manter ilegalmente um filhote de urso em seu apartamento. Zarith Sofia Yasin, de Kuala Lumpur, na Malásia, revelou que decidiu “ajudar” o animal porque pensou que se tratava de um cachorro.

A jovem de 27 anos que já até participou de um reality show no país, disse que encontrou o filhote doente e resolveu levá-lo para casa com a intenção de recuperá-lo.

De acordo com o Metro Reino Unido, Zarith argumentou que não planejava mantê-lo como animal de estimação.

“Era noite quando encontrei o filhote de urso muito fraco ao lado da estrada, e eu pensei que era um cachorro. Eu sei que um urso não pode ser criado, não pode ser mantido como animal de estimação. Eu só queria salvá-lo, não tinha intenção de explorá-lo”, justificou.

Ela ainda acrescentou que ficou preocupada em deixá-lo em algum zoológico, pois os animais destes lugares são muito “magros” e que tratou muito bem de “Bruno” quando o abrigou em sua casa.

“Eu não o coloquei em uma jaula porque não queria que ele ficasse lá por muito tempo – isso teria sido ainda mais cruel. Se Bruno pudesse falar, certamente diria que a comida que eu dei a ele estava deliciosa. Comia até chocolates!”, se defendeu.

O Departamento de Vida Selvagem e Parques Nacionais invadiu o apartamento da jovem na semana passada, depois que um vizinho relatou ter visto o urso. Em um vídeo é possível ver o animal rugindo e enfiando a cabeça para fora de uma janela.

Confira:

O principal argumento de defesa da jovem foi que ela tem o “próprio negócio para administrar durante o dia e à noite, canta, e não tem tempo de vender animais”. Ela também acredita que “animais assim não deveriam estar à venda”.

Pelo gesto de “caridade”, Zarith deve ser multada e pode enfrentar até 10 anos de prisão. No momento ela foi liberada baixo fiança e voltará ao tribunal no mês que vem.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo